Controlando a dor

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Controlando a dor

Mensagem  fvpereira01 em Seg Set 29, 2014 3:20 am

Eu sempre tive um lema, continuar caminhando olhando pra frente, se concentrar na caminhada e não na ferida dos pés.
recentemente tenho entrado em contato com algumas questões e traumas que eu, de uma maneira ou se outra, sempre evitei. Sempre tratei como um tabu.
Uns mais simples outros mais profundos, mas que hoje eu percebo, me forçaram tomar as decisões que eu tomei, na minha vida pessoal e profissional.
Muitos sentimentos me contaminavam de uma forma descontrolada e desproporcional... Eu sempre tive picos de emoção... Problemas de relacionamento, procurava me manter afastada das pessoas, era um lugar seguro.
De repente, ficar sozinha, me afastar das pessoas já não me satisfazia, porque não era o que eu queria de fato. Queria conhecer o mundo, ouvir pessoas, me relacionar, mas tinha medo.
Foi quando decidi que iria analisar de onde vinha esse medo, esse receio. A resposta era a dor que carrego desde muito tempo, um abuso sofrido, que nunca tratei a fundo, sempre evite falar, alias... nunca falei pra ninguém. Guardei pra mim, a sete chaves. Por culpa, medo, receio... não tratei a ferida que inflamou e causou um dano na minha vida... Eu me defendo das pessoas, é o que faço.
Mas eu não quero mais me defender das pessoas, se não há uma ameaça, eu quero permitir que outras pessoas se aproximem de mim.
Então com todo o resto de coragem que me restou, decidir relembrar este trauma e tentar superá-lo. Como doeu.
Relembrar o dia mais doloroso da minha vida, não foi fácil. relembrar o medo que eu senti, a vontade de reagir, de me defender e não conseguir. Me senti fraca e sozinha. Eu tentava chamar as pessoas, mas não me deixava falar, quem dera gritar por ajuda.
Eu tentei me defender de todas as formas, eu tentei. Mas eu não consegui impedir que ele me maltratasse.
Um trauma, de 10 minutos, transformou toda a minha vida.
Depois da terapia, repassando esse trauma, chorando muito, eu respirei fundo e decidi continuar.
Cada minuto que minha mente ficara ociosa eu revivia o trauma.
Eu pensei que não ia conseguir lidar com essa dor. Dói muito e eu não posso contar. Eu me sinto sufocada. Agora eu entendo toda a minha agressividade de onde vem... Eu estou tentando fazer com que as pessoas que eu amo me notem, mas elas estão ocupadas demais com seus problemas e simplesmente não vão olhar pra mim, ao menos que eu grite. Mas eu não posso gritar.
Aquela frase que eu sempre procuro me espelhar, se concentre na caminhada e não na dor nos pés, não está surtindo mais efeito.
Eu, definitivamente, estou sendo incomodada pela dor nos pés e está doendo muito. E a cada minuto de distração minha mente se volta pra dor...
Eu estou tentando, de uma forma ou de outra, a controlar a dor que eu sinto, o medo que eu sinto... a raiva que eu sinto. Mas neste momento está bem difícil.
Pensei em me matar muitas vezes, mas também pensei que este é o ato mais covarde da história. E eu sou forte.
Então, com a mesma coragem que decidi que ia enfrentar meus traumas, dos menores aos maiores, tenho que ter coragem para tratá-los e encará-los de frente.
Como ouvi num filme de Denzem Washignton - Se você ora por chuva, tem que estar preparado para encarar a lama, pois esta faz parte daquela.
Assim, tenho que aprender a controlar a dor.

fvpereira01

Mensagens : 8
Data de inscrição : 28/09/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Controlando a dor

Mensagem  Jericho em Seg Set 29, 2014 5:45 am

Me solidarizo com você em tudo que expressou porque também continuo na batalha para sair da lama entranhada no passado, invadido pelas sanguessugas que ainda atormentam a minha vida. Nessa areia movediça, desde a minha juventude uma voz me diz para me matar mas nunca vou dar esse gostinho a quem quer que seja, deste ou de outro plano. Como você, busco exemplos célebres para reforçar o ponto de vista daquilo que acredito ser o certo e assim, admiro pessoas como você, racionais. É uma jornada por vezes solitária mas vez ou outra, anima saber que existem outros companheiros(as) de luta nesse caminho incerto e nebuloso.
Parabéns.
avatar
Jericho

Mensagens : 42
Data de inscrição : 17/11/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Controlando a dor

Mensagem  fvpereira01 em Ter Set 30, 2014 4:52 am

Obrigada! É muito bo saber que existem pessoas que se solidarizam com o que eu penso e sinto. É muitp importante pra mim.
Obrigada mesmo!
Sabe eu estou muito cansada, muito. Mas aprendi que o tempo é o melhor curativo pra tudo.
Vamos resgatar nossa fé em nós mesmos e nos permitir viver.
Beijos

fvpereira01

Mensagens : 8
Data de inscrição : 28/09/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Controlando a dor

Mensagem  Jericho em Ter Set 30, 2014 6:18 pm

Desejando conversar mais, estou a disposição.
avatar
Jericho

Mensagens : 42
Data de inscrição : 17/11/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Controlando a dor

Mensagem  Eduardo Merenda em Qui Out 02, 2014 2:40 am

É, se tem uma característica que não consigo permanecer é a resistência a dor.
Sei que tem momentos que mostrar a algumas pessoas do que sou capaz, mas a verdade é que penso que o suicídio não é a solução, e sim o fim das suas dores.
Sinceramente, não sei de onde ainda guardo esperanças, mas ela existe sim.
E te elogio pela resiliência.

Eduardo Merenda

Mensagens : 5
Data de inscrição : 29/09/2014
Idade : 23
Localização : Vila Prudente, Zona Sul de São Paulo, Brasil

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Controlando a dor

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum