Raiva em excesso?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Raiva em excesso?

Mensagem  Squarepusher em Qua Fev 18, 2015 6:49 pm

Olá Boa tarde, este tópico na verdade, é um desabafo e um meio de buscar soluções, visto que, minha situação chegou num nível insuportável pra mim, não sei por onde começar direito mas o que posso adiantar é que, faz 13 anos que me mudei pra uma cidade de SC litoral e, desde então eu odeio este lugar e principalmente as pessoas daqui.


Eu morava em Sp antes numa cidade perto de Santos, e lá eu vivi uma boa infância mesmo que curta, tinha uma vida saudável, era bom aluno e vivia muito bem sempre brincando e se distraindo além de ser muito querido pelos próximos.
Por motivos de criminalidade e falta de emprego tivermos de nos mudar pro Sul ,pois, meu pai nasceu aqui e aqui tinha familiares que nos ajudaram.


Chegando aqui, gostei muito do lugar porque é muito bonito e colorido, casas tradicionais alemãs, lugar diferente, mas, o inferno começou quando comecei a fazer amigos e adentrar a escola nova.Eu sempre fui muito comunicativo e falastrão, muito inocente também, sempre fui de querer falar e conhecer as pessoas, mas, as pessoas daqui são fechadas nos seu mundinho so querem saber de si mesmas, e falam muito mal dos outros o tempo todo ,além de, passarem o dia com um costume feio, chamar o demônio o tempo todo, os homens parecem donas de casa velhas e fofoqueiras, sempre querendo saber da vida dos outros e fazendo fofoquinhas entre si e cochichando, são falsos, extremamente anti masculinos e pouco expressivos, totalmente sem personalidade, ao adentrar um grupo qualquer, você tinha que macaquear o comportamento dos outros pra não ser ridicularizado.


E foi assim até o Ensino Médio, eu percebia que nada tinha mudado os caras continuavam infantis só que , agora com o detalhe mais imbecil de todos, fazer média ou praticamente atuar na frente das moças pra parecer interessante! e foi na época que comecei a arrumar mais encrencas e sempre saia no braço com alguém, não me respeitavam de jeito algum, aliás, falando em jeito, eu tinha mudado muito, fiquei recluso como sou até hoje, muito mas muito recluso não saio de casa quase nunca, consegui empregos mas mesmo nos empregos eu continuava perdido e sempre humilhado, pois me tornei muito introvertido e agressivo, bem voltando ao EM, foi aonde decidi incluir atividades físicas que passei a ter um gosto, musculação e ás vezes aliviava o estresse num saco de pancadas, consegui um físico bacana, e novamente virei motivo de piadinhas por isso principalmente pelo jeito de andar, cada vez me tornava mais sistemático ,socialmente nulo e pessimista, até consegui fazer amigos, mas, todos eles seguem o mesmo padrão que o meu senão pior!
Até aí eu relevava e me espelhava em algo maior pra mim pois sempre fui muito bom em diversas áreas e gostava de aprender, eu era meu maior investimento, mas, hoje está insuportável ando na rua com vontade de bater nas pessoas, tenho raiva de sair de casa e não consigo mais sair de casa, dou socos no ar de raiva ás vezes, e mesmo sendo a raiva um dos pontapés mais eficazes pra uma atividade como levantar peso ou treinar uma luta, não consigo fazer nem um nem outro,tampouco estudar, que dirá um jogo! fico parado escutando uma música qualquer em um transe de abstração e total tristeza, meu maior sentimento não é tristeza, e sim raiva, as pessoas reparam muito uma nas outras e não importa aonde eu vá sempre tem alguém pra reparar em mim e ficar cochichando coisas sobre mim, pior que não importa o quão grande eu seja e forte, as pessoas não se intimidam e , nem disso consigo tirar vantagem pra ver se me deixam em paz, também não preciso dizer que nunca tive vida amorosa e até hoje continuo sozinho sem ter tocado em mulher alguma, enquanto isso vejo um bando de caras idiotas, playboys sulistas cheios de onda pra cima dos outros sendo admirados, assim como traficantes e afins.
Eu odeio este lugar e peço ajuda de vocês pra lidar melhor com esta situação, é um lugar aonde as mulheres são víboras e os homens são mulheres de boné e calça, e não me conforta nada saber que o resto do país está pior.

Obs: desculpe o texto longo e erros de português, até mesmo o texto disperso e não muito detalhado, é que sou ruim pra me identificar e descrever coisas pessoais.

Agradeço desde já e espero um dia ajudar alguém em retribuição.

Squarepusher

Mensagens : 1
Data de inscrição : 18/02/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Raiva em excesso?

Mensagem  Jericho em Sex Jun 05, 2015 2:23 am

Tudo isso me parece inveja ou dor de cotovelo mas a verdade é que ter músculos salientes ainda é visto como um tabu. O melhor remédio é ignorar, pois quanto mais reage a isso mais os cretinos te provocam. Por outro lado, para quebrar essa visão equivocada das pessoas de que gente musculosa é um troglodita tente mostrar empatia com aqueles em sua volta que você pode ajudar, como fazendo caridade, ajudando pessoas idosas ou cegas a atravessar a rua, ser voluntário de alguma coisa e verá que a forma como a sociedade te vê irá mudar e muito. Mas mude por você e não para os outros.
avatar
Jericho

Mensagens : 42
Data de inscrição : 17/11/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum